Carregando...

nucleoquartodemilha@gmail.com

(51) 3343-6449 | (51) 9 9666-7978

ANTT consagrou as campeãs da temporada

O Campeonato comemorou 15 anos de atividade nas arenas brasileiras



Ana Carolina Cardozo e Cromo Down Jet WA

Uma das arenas mais tradicionais do Brasil - Jaguariúna Rodeo Festival - foi o palco que encerrou com ‘chave de ouro’ a temporada de 15 anos de história da Associação Nacional dos Três Tambores, nos dias 14 e 15 de setembro. Estiveram por lá as melhores competidoras da temporada em busca de três títulos de campeã no maior campeonato da modalidade do Brasil, na Final ANTT Organnact 2018.

Na categoria Feminino Gold Race, o título principal foi decidido em uma das disputas mais acirradas da história da ANTT. Ana Carolina Cardozo confirmou o favoritismo, conquistando seu primeiro título nacional e um automóvel Zero Km. A competidora de Araraquara (SP) liderou a temporada do início ao fim e só precisou manter a regularidade para terminar o ano com a fivela de campeã. Seu companheiro de pista foi Cromo Down Jet WA.

Em busca de seu quinto título nacional, Fatiana Ferreira fez a sua parte e após três passadas sem erros, foi a campeã da etapa final, subindo de terceiro para o segundo lugar no ranking. A campeã nacional de temporada 2016/2017, Viviane Gratão, ficou com o terceiro lugar. O pódio das cinco melhores ficou completo com Rafaela Fortunato em quarto lugar e Kelly Calle em quinto.

Pela Categoria Mirim, as pequenas estrelas da ANTT mais uma vez deram um show! Depois de uma temporada impressionante, Ellen Sayuri também confirmou seu favoritismo, escrevendo seu nome na galeria de campeãs da ANTT. Se despedindo da categoria, devido a idade, a competidora de Bastos (SP) fez uma final regular em conjunto com Venas Bee Peppy. Mas foram os resultados das etapas anteriores que a ajudaram a terminar o ano na primeira colocação.

Com apenas 20 pontos de diferença, Maria Eduarda Cardozo chegou muito perto de também conquistar seu primeiro título nacional, mas encerrou a temporada na segunda posição. A melhor somatória da etapa final foi de Stephanie Rodrigues, que terminou o ano na terceira posição. Eduarda Peres e Laura Calle, respectivamente em quarto e quinto lugares, completaram o Top 5 da temporada.


Rafaela Slaviero e Billy Hexton FL

A Silver Race é disputada pelas competidoras da categoria Feminino que terminaram entre a 11ª e a 20ª posição no ranking ao final das etapas regulares. E este ano contou também com a representante da ANTT Norte e Nordeste. Assim como nas demais categorias, o título também foi definido por uma margem mínima de pontos.

Rafaela Slaviero, de Curitiba (PR), chegou a final na segunda posição, mas fez a melhor somatória de tempo na etapa final. Após ir bem em todas as passadas, garantiu a fivela de campeã da etapa final, que foi fundamental para lhe dar uma vantagem de 30 pontos no ranking, conquistando também o título da temporada. Em conjunto com Billy Hexton FL (Play Gray Gooc x Joanita Doc, por Good Dandy Doc), propriedade de Adriana Gomes Slaviero e de criação de Frederico Mellão Alves Lima, a paranaense declarou que o título tem uma importância muito grande em sua carreira, representando a realização e a superação em uma temporada tão competitiva.

Martha Helena Herweg, que havia iniciado a final na liderança, terminou na segunda posição, seguida de Caroline Montero, terceira colocada. Larissa Dollo, em quarto lugar e Rosane Marquezim, em quinto, completaram as cinco primeiras posições. Como homenagem, também foi entregue o prêmio de competidora revelação para Ana Carolina Cyrino, que obteve excelentes resultados ao logo da temporada.

 
Diretoria da ANTT reunida

Entre os treinadores, o título ficou com Wilson Dante Laurini Jr, que assim como sua filha Ana Carolina Cardozo, conquistou o título pela primeira vez. O animal Cromo Dow Jet WA (First Down Jet WA x Cromita MA 10, por Shady Leo), propriedade de Edmundo Nascimento Cardozo e de criação de Roberto Sylvio Abdalla, montado por ela, também conquistou o título de Melhor Cavalo da Temporada, sendo o mais pontuado na ABQM (306,5) durante as etapas da ANTT.

“Concluímos a melhor temporada que já tivemos. Nosso campeonato é o primeiro a chegar a 15 anos de atividade nas arenas brasileiras, se consideramos todas as modalidades, e isso é resultado do nosso comprometimento, sempre valorizando as competidoras, treinadores e animais”, encerrou a presidente da ANTT, Silvana Bertato.

Mais informações: www.antt.org.br

Fotos: Lucas Campos/ANTT

Mais noticias