nucleoquartodemilha@gmail.com

(51) 3343-6449 | (51) 9 9666-7978

Semana do Cavalo bate recordes em 2018!

Evento superou as edições anteriores e reuniu mais de 40 mil pessoas em Cuiabá (MT)


Prova de Ranch Sorting, uma das quatro modalidades do evento

A 6ª Semana do Cavalo foi um sucesso de público, atraindo em oito dias de evento 41 mil pessoas. Foram 415 cavalos participando das provas do mais aguardado evento equestre do Centro-Oeste brasileiro, realizado no Haras Twin Brothers Santa Rosa, em Cuiabá (MT), de 25 de maio a 2 de junho.

“Como prometido, essa foi a maior edição do evento, o que, para nós, é motivo de grande orgulho. Foi também a mais difícil e preocupante de todas as Semanas do Cavalo, devido ao momento do país e, sobretudo, por conta da greve dos caminhoneiros que ocorreu bem nos dias das provas. Mas, com trabalho, superamos as adversidades e o resultado foi espetacular em todos os sentidos”, afirmou Caê Póvoas, um dos proprietários do Haras Twin Brothers e organizador da 6ª Semana do Cavalo.

O renomado ferrador Edison Pagoto apresentou o curso “Ferrageamento do Cavalo Atleta”

De acordo com informações dos organizadores, o número de inscrições para as provas e a arrecadação nos leilões também superaram as expectativas. Foram quase R$ 2,5 milhões de faturamento em quatro remates e mais de 2.500 inscritos nas quatro modalidades de provas disputadas: Team Ropping, Três Tambores, Ranch Sorting e Laço Técnico. O evento reuniu competidores de vários estados do país e ofereceu uma premiação superior a R$ 300 mil.

Os cursos de Laço Cabeça e de Laço Pé contaram com a presença de Tú dos Santos e Rafael Paoliello, que vieram do interior de São Paulo especialmente para a 6ª Semana do Cavalo

 A 6ª Semana do Cavalo ofereceu, ainda, oportunidades de aprendizado e de entretenimento gratuitas ao público. “Tivemos mais de cem participantes nos cursos de Laço em Dupla, Três Tambores, Hipismo, Ferrageamento e nas oficinas do Senar, além de uma palestra interessantíssima sobre bem-estar e nutrição animal. Esse projeto iniciou em 2013 com a raça Quarto de Milha e, desde então, a ideia é agregar todas as raças em um único e grande evento, com o objetivo de fomentar o mercado equestre e desenvolver a mão de obra especializada no Centro-Oeste do Brasil. Tudo foi, mais uma vez, carinhosamente organizado para os amantes do cavalo”, ressaltou Caê Póvoas.

Mais notícias